13 novembro 2009

Ás vezes me encontro pensando em que realmente eu me tornei....
Mãe carinhosa, esposa zelosa e uma mulher cheia de frustrações.


Eu sei que é impossível ter tudo e acho que realmente não se deve ter tudo.
Não lamento por nada que não fiz, só lamento pelo tempo que não dedico a mim.
Sinto muitas vezes uma necessidade enorme de ficar só, analisando tudo o que sou e o que realmente eu queria para mim.
Existe uma capacidade enorme em meu coração de me doar de abraçar o mundo de aprender e mostrar a minha capacidade, porém, é como se algo me amarrasse me impedisse, me apagasse.
Hoje estou me sentindo assim... "Frustrada". Talvez seja a TPM (rsrsrsrsrrsrs) ou a idade que bate a minha porta e me fala que está na hora de correr atrás de meus sonhos....

Nenhum comentário: